O meu Blog

O Blog "Verba Volant, Scripta Manent" foi criado no âmbito de um exercício académico (Humanística Digital). Desde então, e por forma a dar alguma continuidade à experiência iniciada na blogosfera, mantém o objectivo de partilhar alguns textos pessoais (sob o habitual pseudónimo Troyka Manuel), bem como outros materiais literários de interesse pessoal.

Todos os comentários, sugestões ou críticas serão sempre bem-vindos!

Porque as palavras faladas voam... e a palavra poética, tantas vezes, fala por si... e permanece... sempre!

quarta-feira, 4 de setembro de 2013

Stendhal, "O Vermelho e o Negro"

"Estou sozinho no mundo, ninguém se digna pensar em mim. Todos os que vejo enriquecer têm uma brutalidade e uma dureza de coração que eu não sinto. Odeiam-me por causa da minha bondade fácil. Ah! morrerei em breve, ou de fome ou de dor por ver como os homens são duros" 
(Citação de Young em O Vermelho e o Negro de Stendhal)



2 comentários:

  1. Ninguém é igual a ninguém. Todo o ser humano é um estranho e ímpar.
    Carlos Drummond de Andrade

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Estranhos de nós, estranhos para nós, estranhos para um outro... Na estranheza vamos aprendendo a conhecer!

      Eliminar